Antonio Carlos, Adelzon Alves, Gilson Ricardo e Ricardo Campello participam do primeiro programa da Série Especial 100 Anos do Rádio no Brasil

  • 30/03/2022

Antonio Carlos, Adelzon Alves, Gilson Ricardo e Ricardo Campello participam do primeiro programa da Série Especial 100 Anos do Rádio no Brasil

A produção da Série Especial 100 anos do Rádio no Brasil informa para os nossos ouvintes/internautas que a gravação prevista para o dia 23 de março foi adiada por motivo de força maior e acontecerá amanhã (30/3), com a participação de mais um convidado. O comentarista Gilson Ricardo se junta aos comunicadores Antonio Carlos e Adelzon Alves, e o produtor- executivo Ricardo Campello, para a estreia da Série Especial 100 anos do Rádio no Brasil, no MIS RJ. Esses quatro grandes profissionais vão lembrar momentos de suas carreiras, falar da paixão pelo rádio e revelar o legado que deixarão para as novas gerações.

O MIS RJ abre os microfones para essas vozes que passaram por várias emissoras, têm vasta experiência e muito a ensinar aos novos radialistas, além de valiosas informações para pesquisadores.

“No ano do centenário da primeira transmissão oficial de rádio realizada no país, o Museu da Imagem e do Som estreia essa Série Especial com um time de primeira do rádio carioca, Antonio Carlos, Ricardo Campello, Gilson Ricardo e Adelzon Alves tem muitas histórias, memórias e trajetórias gloriosas para contar. Um registro valioso e importantíssimo para as futuras gerações ”, afirmou o presidente do MIS, Cesar Miranda Ribeiro.

Antonio Carlos, “O Despertador do Brasil”, com sua voz potente, é um comunicador das massas e tem mais de seis décadas de rádio. Faz, com muito sucesso, há 45 anos, o “Show do Antonio Carlos”. Em 2012 virou samba de enredo, numa homenagem da Escola de Samba Acadêmicos de Santa Cruz.

Adelzon Alves, é radialista, jornalista e produtor musical, e contribui, há mais de 50 anos, com a música popular brasileira. Iniciou o movimento de valorização do compositor do morro, de sambistas como Cartola, Candeia, Nelson Cavaquinho e muitos outros. Foi também o responsável pela aproximação de Clara Nunes com o samba e as tradições afro-brasileiras, produzindo discos marcantes de sua carreira.

Gilson Ricardo tem mais de 50 anos de rádio, ficou na Rádio Globo por 35 anos, onde apresentou muitos programas. Passou por várias rádios e também atuou na TV, nas emissoras CNT, Band Rio e no SBT Rio. Comentarista, repórter e narrador, “Gilsão”, como também é conhecido, participou de grandes coberturas do futebol brasileiro e apresenta o programa “Bola em Jogo” na Rádio Tupi.

O produtor-executivo Ricardo Campello trabalha há mais de quatro décadas com Antonio Carlos, numa parceria vitoriosa. Em sua trajetória atuou como repórter, trabalhou na Rádio Relógio e foi fundador da Rádio Catedral FM.

Sobre a Série Especial 100 Anos do Rádio no Brasil

Em 1966, o Museu da Imagem e do Som do Rio de Janeiro inaugurou o projeto Depoimentos para a Posteridade, inédito programa de história oral criado para preservar a memória de diversos setores da cultura nacional. Esse projeto inicial é o gerador de muitas outras séries, programas ou projetos específicos relacionados às áreas de jornalismo, futebol, arquitetura, dança, MPB, cinema, teatro e rádio, dentre os quais, Setenta Anos do Rádio no Brasil e Memórias do Rádio. A Série Especial 100 anos do Rádio no Brasil vai debater o centenário do rádio com profissionais do meio radiofônico, estudiosos, pesquisadores e historiadores. Lembramos que a gravação fica à disposição do público, nas salas de consultas do MIS, 72 horas depois do término dos depoimentos.

Publicado em 29/3/22 por Márcia Benazzi e Tetê Nóbrega


#Compartilhe

Aplicativos


Programa no Ar

Pérolas do MIS

top1
1. São João Há de Sorrir

Zezé Fonseca

top2
2. A Cigarra e a Formiga

Ísis de Oliveira

top3
3. No Tabuleiro da Baiana

Ismênia dos Santos

top4
4. Seu Criado, Obrigado

Daisy Lúdici

top5
5. Solidão

Olga Nobre

Oferecimento